Como NÃO escrever uma tese de doutorado.

Janeiro 1, 2007

Crie um blog. Fique horas a fio olhando para a tela do computador e, quando finalmente algum fiapo de idéia se insinuar, decida fazer algo absolutamente fora de propósito, como fazer downloads, ler uma revista inócua ou arrumar o quarto. Ou seja, TUDO para não escrever NADA na tese.  Enquanto isso a coitada fica às moscas, a espera de dias melhores.  Mas eu chego lá. Me aguarde.

E, já que a idéia é arrumar desculpas para não escrever a minha tese: alguém me ensina como fazer uma coisa decente aqui neste blog, please? Eu queria já chegar rock’n rolling com imagens e ícones. Já tentei fazer downloads de duas imagens e, obviamente, não deu certo.  Enquanto isso, fica assim mesmo.

E.. FELIZ ANO NOVO para todos — ninguém vai ler mas a intenção está registrada. Queria registrar também as minhas resoluções para este ano. Mas deixa para lá. Como se alguém se importasse. Ei, sabe que é legal escrever este trocinho e achar que ninguém te lê???  Uma sensação ótima. Liberdade. Daqui a pouco começo a contar todos os segredos, hehe.

Anúncios

14 Respostas to “Como NÃO escrever uma tese de doutorado.”

  1. Leila Says:

    He he he, Cris, não se preocupe, com o tempo você acha o seu “niche” na blogosfera, e os posts virão naturalmente. Boa sorte!

    Procure no “Help” do WordPress a explicação de como fazer upload de imagens, e de como editar o template ao lado (seu perfil, links, etc). Eu não uso WordPress, do contrário eu te diria exatamente o que fazer. bjs

  2. cris s Says:

    Ei, Leila. Dizem que o primeiro comentário, a gente nunca esquece!!
    Pois é, vou aos trancos e barrancos mesmo.
    Meu problema é que detesto ler instruções. Fico enchendo o coitado do Bill p/ me ajudar, hehe. Ah, tô enchendo a Denise também. 🙂 Ela vai me dar uma mãozinha.

    Valeu a visitinha.
    bjs

  3. Antonio Says:

    Olha só, primeiramente gostei do seu comentário quanto à existência de homens com caráter. Sei que este comentário está no lugar erraddo, deveria estar mais em cima. Porém, de fato, o que me motivou a comentar esse seu tópico foi a sua afirmação de ninguem ler o que vc escreve aqui. Não tenha essa sensação e nem inicie uma sessão de confissões. Abraço
    Antonio(tenho 25 anos, moro no rio de janeiro, sou casado há 1 ano com uma garota que vive falando do blog síndrome de estocolmo, hj pela 1ª vez entrei naquele blog e lá vi o seu blog, só para constar)

  4. cris s Says:

    Obrigada pelo incentivo, Antônio. Mas não se preocupe, eu estava brincando quando falei sobre “contar os segredos”. Só não quero que o blog fique impessoal, sabe como?
    Tudo de bom para você e sua esposa. Diga p/ ela que eu também adoro ler o Síndrome de Estocolmo!!

  5. Regina Says:

    Cris,

    Quanto a tese, been there, done that, ou seja, ja passei por isso e eventualmente terminei.

    Voce ficaria surpresa em saber quantas pessoas acabam lendo as nossa mazelas.

    Aos poucos voce vai aprender os truques com os download, etc.

    Bjs.

    Regina

    Bjs.

    Regina

  6. Carina Says:

    Boa sorte…=)
    Visitarei sempre este blog… =)

  7. cris s Says:

    Regina, querida,
    Pois é, você sabe como essas coisas funcionam… Não é fácil, mas no final é um pouco assustador. E eu fico encontrando mil desculpas para não voltar a escrever depois da famigerada qualificação. Parece que o status de “qualificada” is taking its toll…. Ai meus sais…

    Vou tentar aprender os downloads. A Denise vai me ajudar já que é craque! 🙂

    Um beijão,
    Cris

  8. cris s Says:

    Oi Carina,

    Que bom!! Curiosidade: onde você me “encontrou”?

    Feliz 2007 para você!

    Cris

  9. JN Says:

    Até que enfim que encontro «uma alma gémea» na blogosfera…
    Os doutoramentos deviam ser proibidos pela Organização Mundial de Saúde (ou outra coisa qualquer…)
    Mas arranjar um blogue e «não escrever» a minha tese, foi a melhor ideia que tive…ora se não foi! 🙂
    Poupem-me…

    Bom ano e continuação boas escritas no blogue…
    A tese quando tiver que estar pronta estará…eu é o que eu digo sempre…gosto de me enganar!

  10. cris s Says:

    JN,
    Morri de rir com o teu comentário. É verdade, doutoramentos deveriam ser imediatamente interditados sob pena de termos (ainda mais) doentes mentais soltos neste mundo!!
    Que bom que você também tem um blog. Vou te fazer uma visitinha. Assim arrumo mais uma desculpa para NÃO escrever a tese. Ai, ai, ai.
    Tudo de bom para você e apareça quando quiser!
    Cris S.

  11. JN Says:

    Pois…só que hoje lá tive que apresentar «umas coisas» à orientadora do (raio) da tese…ainda estive quase para lhe mostrar o blogue (para ela ver que até faço alguma coisa), mas achei melhor não… 🙂
    Acenei que sim, concordei com tudo, que tenho que fazer mais, que vou fazer isto, fazer aquilo, etc…

    E cá estou a «fazer» as coisas…há prioridades…ora!
    Fique bem! e obrigado pela(s) visitas…

  12. cris s Says:

    JN,
    No meu caso, nem seria aconselhável que a minha orientadora lesse o blog. Aí ela desiste de vez! 🙂
    Acredita que eu tive o prazer de ter apenas 2 encontros c/ “Vossa Excelência” até agora? E até já fiz minha qualificação… Resta saber quando vou voltar a escrever a (mal)dita-cuja!
    Mande notícias!
    Cris S.


  13. Concordo com vc. Estou aqui de bobeira navegando na blogosfera para arranjar um motivo para não escrever minha tese. Seu post foi letal: vou voltar pra tese. Fui!

    Obs: post tb é conselho!!!

  14. cris s Says:

    Diário de Campo,
    Obrigada pela visita!! Espero que você venha mais vezes, a despeito da tese, hehe.
    Boa sorte na tua empreitada!!! A minha deveria estar bem no final.
    abraço,
    Cris S.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: