Camarão à baiana.

Fevereiro 7, 2007

A linha feminina é carimá

Moqueca, petitinga, caruru,

Mingau de puba, vinho de caju,

Pisado num pilão de piraiá

 (Gregório de Matos)

É agora que eu fico com fama de dona de casa, mesmo. Nada contra, mas acho que o pessoal aqui de casa discordaria veementemente! 🙂

Enfim, resolvi postar a receita que dei para a Denise ontem e que ela gostou. É uma receita super fácil de fazer e de sucesso garantido, logo deve ser partilhada. Uma dica: nunca deixe o camarão cozinhar mais do que 10 minutos, ele fica duro. Outra coisa, muitas vezes eu engrosso o molho com um pouco de maizena para ele não ficar ensopado. Se sobrar, ótimo: o camarão à baiana fica ainda mais gostoso no dia seguinte.

Ingredientes:

– 1 cebola média ralada

– uns raminhos de cilantro (coriander) ou salsinha. O cilantro fica muito melhor e é típico da culinária baiana (é também muito usado na culinária asiática).
– 2 ou 3 colheres (sopa) de óleo de canôla (ou similar)
– 3 dentes de alho amassados
– + – 1 quilo de tomates maduros (5 ou 6) sem pele e sem semente picado ou, se preferir, batido no liquidificador

– 1 quilo de camarão médio limpo temperado com sal, pimenta do reino e o suco de 1 a 2 limões (deixe marinando por, pelo menos, 1/2 hora).
– 1/2 colher (sopa) de pimenta dedo-de-moça sem a semente
– 1 vidro pequeno (ou uma xícara de chá) de leite de coco
– sal a gosto 
 

Modo de Preparo

Faça um refogado com a cebola e o alho (frite por 3 minutos + ou -). Junte o tomate, tempere com sal e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos, ou até obter um molho denso. Se os tomates não estiverem maduros, adicione 2 colheres de sopa de extrato de tomate e uma pitadinha de açucar p/ amenizar a acidez. Junte os raminhos de coentro ou salsinha. Junte o camarão e a pimenta, com o suco que ele estava marinando. Deixe no fogo até que o camarão esteja cozido e o molho bem denso (cerca de 10 minutos). Adicione o leite de coco, deixe ferver por mais 1 ou 2 minutos no fogo baixo (não deixe o leite de coco talhar!). Se for preciso, engrosse o molho com pouca maizena, mas seja rápida(o) pois o camarão não deve cozinhar muito, lembra? Sirva em seguida.

Sugestão de acompanhamento: Arroz simples e uma salada de folhas verdes com manga cortada em cubinhos e lascas de queijo parmesão (c/ molho simples de azeite de oliva e vinagre balsâmico)

 

Para quem quiser fazer uma onda para os convidados, sirva o camarão à baiana individualmente dentro de abacaxis não muito grandes (óbvio!), que funcionarão como pratos fundos. Você tira o miolo e parte do abacaxi, apara as metades de abacaxi nos pratos para que eles não virem e serve! O camarão à baiana combina com o abacaxi e todo mundo vai gostar (eu já fiz algumas vezes, acho que é minha invenção, porque nunca li em nenhum livro!).

Bon appétit! Axé!

Leitura: E para mostrar que eu levo a coisa a sério (somente quando quero, óbvio!), mostro o meu livrinho básico de culinária baiana, que, convenhamos, é uma ma-ra-vi-lha.

camarao-a-baiana.png

Referência do livro: SENAC. DN. A culinária baiana no restaurante do SENAC Pelourinho. 2 ed. rev. atual. / Marcos da V. Pereira (Coord.). Rio de Janeiro: Ed. Senac Nacional, 1999. Edição bilíngue.

Advertisements

10 Respostas to “Camarão à baiana.”


  1. Ai, que esse camarão é muito bom e descobri que meu maior erro sempre foi cozinhar os camarões por mais de meia hora… hehehehe… thanks, Cris!

  2. cris s Says:

    Denise,
    É um erro muito comum mesmo. O camarão é feito polvo, se passa do ponto ele fica rijo e não tem como consertar.
    Que BOM q deu certo!
    bjs

  3. Lu Brasil Says:

    Ai se eu soubesse (e me interessasse por) cozinhar.
    Deu idéias, sou pratica vou a um restaurante, não vai ser baiano mas paraense mesmo tá valendo.
    Bjs

  4. JN Says:

    Este «tipo» de post dá cabo de mim… 😉

  5. cris s Says:

    Lu Brasil,

    Eu acho a arte culinária uma coisa interessantíssima. Não me interesso apenas pelas receitas, mas também pelas regiões e história. Acredito que a culinária de um povo ensina coisas interessantes sobre esse povo.

    Mas entendo, obviamente, que outros não se interessem. E também tendo ser prática, quase nunca fico na cozinha! 🙂 E a comida paraense deve ser uma delícia, com tanta coisa gostosa e diferente do sul (amo as frutas!!). Vou dar uma pesquisadinha na internet qdo tiver tempo (é que eu sou bem curiosa, hehe!).
    bjs

  6. cris s Says:

    JN,
    Já notei mesmo!! Nós te convidaremos para o próximo camarão à baiana, tá bem? 😉

  7. rute Says:

    Uhm… Até abre o apetite!

  8. cris s Says:

    Rute,
    É uma delícia mesmo!

  9. maria Says:

    cozinhei o camarao 5 minutos e ele enduruceu porque

  10. Rosa Maria Says:

    consegui fazer o camarao a baiana e ficou uma delícia. agradeço a receita. Valeu


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: