O deserto II

Maio 6, 2007

Eu tenho fascínio pelo deserto. Pela insólita e cambiante topografia do deserto. Os cheiros, as nuances de cores, as ondulações das dunas. Respeito toda e qualquer vida do deserto, desde as minúsculas plantas até as populações nômades que enfrentam a aridez do entorno. Admiro a coragem e a tolerância.

Um dia alguém me disse que é o maravilhamento com o exótico. Pode ser.

desertoman.png

Data: 31 de dezembro de 1999. Lugar: Muscat, capital do Sultanato de Omã, onde eu estava trabalhando. Pleno deserto. Boas vindas ao Novo Milênio! No horizonte, lá longe, as luzes da cidade. Mais próximo, a fogueira de um grupo de ingleses que celebrava. O céu absurdamente forrado de estrelas. Fecho os olhos e o brilho permanece na retina. Tento ‘arrumar’ as constelações para reconhecer o céu, projeto fracassado. 

Quando a felicidade vem dessa forma, você jura que pode aprisioná-la para sempre — foi isso que eu pensei no momento.

É claro que não é assim, a felicidade não é uma coisa tangível (ainda que eu, inocentemente, tenha jurado que sim no passado). A felicidade é algo escorregadio. Tudo bem, pelo menos eu aprisionei a imagem.

Assalamu Alaikum.

Anúncios

7 Respostas to “O deserto II”

  1. Raquel Says:

    Lindo, lindo.

    Desertos são realmente impressionantes. Para mim são uma das grandes demonstrações de força da natureza.

    Bjs

  2. Edelize Says:

    O que me atrai sobre desertos, primeiro as cores e segundo esta sensação de silêncio e imensidão. Se um dia visitar um, meu desejo é ficar de olho bem aberto para absorver as cores e depois fechá-los para sentir a imensidão. Um dia farei isto. Beijos.

  3. cris s Says:

    Raquel,

    Concordo plenamente. Eu fico impressionada com a vida do deserto.

    Ede,
    Aposto que você logo vai poder visitar um. Eu nunca pensei que ficaria tão encantada.

    Beijos para as duas,
    Cris

  4. Regina Says:

    Cris,

    Um dos meus sonhos e’ ver um deserto. Acho lindo e sensual o contorno das dunas. Essa foto e’ maravilhosa.

    Sim, e’ verdade, nao ha como aprisionar a felicidade. Mas relembrar um momento feliz e’ quase com saborea-lo novamente. Afinal, o que e’ a vida senao uma tapecaria de memorias?

    bjs.

    Regina

  5. cris s Says:

    Regina,

    É verdade, a vida é uma ‘tapeçaria de memórias’.
    Esse recorte que eu fiz do 31 dezembro de 1999 foi de um souvenir especialmente bonito.
    Beijos,
    Cris

  6. elisa Says:

    Ainda ontem vi uma reportagem no travel channel sobre Omã e fiquei deslumbrada com tanta beleza e com vontade de conhecer.
    Beijinhos

  7. cris s Says:

    Elisa,
    Omã é um país lindíssimo mesmo. Vale a pena!!

    beijos,
    Cris


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: