Desventuras no cabeleireiro.

Janeiro 31, 2008

O cabeleireiro que corta o meu cabelo é uma pessoa inteligente, sensível e criativa. Eu gosto muito dele e, ao longo dos anos, fiquei conhecendo suas histórias e o admirando mais ainda. Segue que o papo corre solto — fico curiosa pra saber das últimas aventuras da irmã dele nos Estados Unidos e ele curioso pra saber das últimas notícias minhas. E foi assim, ao meio de um papo bem interessante, que ele tosou as minhas madeixas (ouch!), que me deu uma inesperada franja e que me deixou com uma cara que eu definitivamente rejeito. Franjas e cabelos muito repicados são pra quem tem um cabelo prático de lidar. Eu detesto cabelo nos olhos e não sei o que fazer com esses mechas espigadas e de comprimentos diversos. Logo eu que sou a maior crica com o cabelo e estava cultivando o comprimento há anos… Bem, quando percebi o que ele tinha feito, já não havia mais tempo para nada. Fiquei quieta, depois ri um pouco pra esconder a tristeza. Tentei me enganar, me dizendo que já era o momento pra desistir do cabelo longo, que fica melhor em mocinhas. Meu marido, tentando me consolar, disse que ficou ‘sassy’. Pois é, mas eu nunca fui sassy e, aliás, não gosto de sassy. Agora tô pensando que devia ter sido durona com o cabeleireiro, afinal, que manobra mais contramão… Anos curtindo o cabelão e agora o que eu faço? Espero mais alguns anos? Legal, né??😦

13 Respostas to “Desventuras no cabeleireiro.”

  1. Leila Says:

    Cris, aposto que ficou lindo… Mas eu entendo você ficar chateada com ele ter cortado demais sem a sua permissão. Isso não se faz. Bem, eu como vivo mudando de curto para comprido, garanto que cresce rápido… Quem tem cabelo muito liso como o seu consegue deixar crescer com mais facilidade do que as pessoas com cabelo ondulado e cheio demais.

  2. bellavida Says:

    Oi Cris, no verão passado decidi cortar o cabelo nos ombros (estavam beeem longos antes). Depois me arrependi porque levou tanto tempo pra crescer… Mas agora já está ficando comprido novamente : )

    O consolo é que crescem!

    bjs

  3. Raquel Says:

    Cris,

    que droga! Detesto quando isso acontece e entendo sua agonia, também não curto franja, nem cabelo muito repicado – em mim, é bom frisar.

    Mas calma, muita calma que o cabelo cresce de novo.

    Agora quanto a quem cortou… todo mundo tem um dia ruim no trabalho, talvez fosse o caso de, na próxima vez, você comentar que não vê a hora do cabelo crescer porque não gostou muito do corte.

    Bjs bjs

  4. cris s Says:

    Leila, na hora até que ficou ajeitado; agora tá horrível e o meu consolo é que o meu cabelo cresce rápido. O meu cabelo é armado e eu sempre faço escova pra alisar.

    bjs

  5. cris s Says:

    Isabella,
    Pois é, pelo menos foi você que quis mudar e não um cabeleireiro aloprado feito o meu!🙂

    bjs

  6. cris s Says:

    Raquel,

    As poucas vezes que tive franja, sempre me arrependi, ainda bem que a minha não está super curta, mas tá atrapalhando bastante. E não tem como esconder, né?😦

    Quanto ao cabeleireiro, eu não pretendo cortar mais com ele… está sendo meio traumático! E, no mais, amizade e negócios muitas vezes não dá certo.

    bjs


  7. Na verdade, fiquei curiosa para ver. Como vc deve saber, sou da turma do Power-Curly-Hair. As vezes tenho vontade de mudar totalmente… mas não rola. Não dá para fazer franja, nem cortar curto, nem nada disso, sem virar um puuffffffff.
    Esquenta não, até o meu cresce rápido!
    Beijos

  8. Ana Paula Says:

    Parece que conheço esta história… Cortei cabelo com uma mesma pessoa por anos, até o dia em que causou uma tragédia. Eu, que sempre pedia para ele cortar o mínimo pois queria deixá-lo comprido, sai de lá com o cabelo acima dos ombros! E com uma franja curtíssima. Isso no meu cabelo cacheado, que quanto mais curto mais encolhe.
    Já tentei voltar lá depois de pensar que ele estava em um dia péssimo, que em todos as outras vezes ele acertou, mas não foi possível. Como você disse, é traumático.
    Mas, o que não tem solução, solucionado está. Não é o que dizem?
    E agora lembrando, sabe que foi bom. Anos cortando com ele e meu cabelo demorava a crescer. Mudei e ele começou a cresceer bem mais rápido. Mistééééério…
    Beijo


  9. Deve estar lindo! relaxa e bota a foto pras curiosas aqui verem 🙂

  10. cris s Says:

    Flá,
    Tá curiosa é, hehe!! Mas agora eu dei uma ajeitada: ponho a franja pra trás da orelha e tento domar os fios. Fazer o queê, né?

    beijocas

    Ana Paula,
    Você também passou por um trauma parecido, é? Eu entendo a tua atitude. Realmente não penso que voltarei a cortar com o meu (ex) cabeleiereiro, foi demais.

    Denise,
    Como eu falei pra Flá: tô ajeitando a juba pra que ela fique só parecendo mais curta… então, não tem altas mudanças. Mas qualquer dia, meto as caras aqui pra vcs verem, que tal??🙂

    beijocas

  11. Andrea Says:

    O meu caso é sobre cabelo, mas um pouco diferente… nos meus tempos de ensino médio eu vivia cortando franjinha assim como as meninas da minha sala… sempre me dei muito bem e sempre gostei muito! Agora estou na faculdade há 1 ano e meus novos amigos estão acostumados com a minha franja bem comprida… Estava super empolgada para voltar de viagem pois ia cortar franjinha novamente! Cortei e como sempre amei! minhas antigas amigas se animaram e cortaram também, MAS meus amigos da faculdade detestaram e tem gente que até ri da minha cara.. tenho dor de cabeça sempre pois só uso tiara na parte da manha e quando saio na rua…e realmente.. não ha nada o que fazer, só esperar crescer, abusar de tiaras e acessórios ou assumir a cabeleira!!! Infelizmente me preocupo com a opinião dos outros, principalmente quando riem da minha cara! não estava com saudades do colegio, mas confesso que depois desse episódio a minha saudade começou a nascer!

    Boa sorte para nós! Um grande abraço e paciência!

  12. cris s Says:

    Oi Andrea,

    Eu sei que é complicado não pensar no que os outros pensam. Mas, acredite, é a melhor coisa do mundo! Hoje em dia eu me curto mais por causa disso.

    bjs


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: