minhas (re)investidas na esteira

Março 14, 2009

Já falei aqui no blog que eu odeio correr na esteira? Pois se não falei, escrevo um pequeno post sobre isto.

Se correr em parques é um verdadeiro prazer para o corredor que leva a corrida a sério, correr na esteira é um suplício. Primeiro  porque não tem a menor graça, a paisagem não muda e não tem o ar e aroma frescos dos eucaliptos ou das flores da estação. Não  existe lago, nem a santa brisa na cara, tampouco tem pessoas para distrair  o olhar e fazer com que  o tempo passe mais rápido. Segundo, e este tem sido o meu caso há pouco mais de um ano, tenho sentido uma insegurança estranha na passada  e têm vezes que quase chego a tropeçar, de forma que tenho me obrigado a alternar caminhada rápida e corrida. Ou seja, a minha “corrida” na esteira tem sido artificial, difícil e forçada.  Para dar uma idéia,  um esquema de corrida na esteira típico, seria: 3 minutos de caminhada + 2 corrida + 1 caminhada + 2 corrida (durante uns 15 minutos) e depois 1 caminhada + 3 corrida até atingir uns 40 minutos, num esquema progressivo. Depois, de forma decrescente, vou retornando à velocidade da caminhada natural: nunca se deve parar abruptamente. Nos parques, a corrida rende bem mais e eu não me sinto tão cansada e forçando a barra quanto na esteira. Por outro lado, sinto que suo um pouco mais  na esteira e, portanto, acho que queimo mais calorias do que na corrida externa, mas isso também pode ser minha impressão.  De qualquer maneira, uma coisa é certa: meus batimentos cardíacos se alteram mais e, como já disse, o esforço é bem maior. Acontece que se você deseja manter uma certa regularidade na corrida, a esteira é o ideal pois, chova ou faça sol, você pode se exercitar. Nas últimas semanas, tenho usado a esteira com mais frequência e tenho tido que me acostumar a um ritmo (ainda) mais lento nas minhas corridas, algo não muito fácil para uma pessoa que gosta de desafios. E, aos poucos,  como em todas as mudanças na vida, vou tentando me adaptar à idéia de que maratonas, não mais. Não mais maratonas….

treadmill-woman

Uma resposta to “minhas (re)investidas na esteira”

  1. Ana Says:

    Cris, qquer uma das opçoes pra mim tao valendo, correr na rua sozinha eu acho ruim, prefiro nesse caso a esteira, com uma boa musica nas orelhas, a gente guenta. Aqui faz 4 dias que chove e tem céu nublado, um saco. Beijos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: