tasting my own medicine (in China)

Agosto 2, 2009

China news na farmácia

Medicina chinesa. Tínhamos combinado de experimentar. A farmacêutica não falava inglês. Ninguém falava inglês. De repente emerge um daqueles tradutores de mão. E o que era que eu precisava mesmo? Mil coisas: jetlag (mas, desta vez, milagrosamente, nem eu nem meu marido tivemos problema); algo anti-envelhecimento (tá, foi um pensamento idiota que não durou mais de uma fração de segundo); um energizante; contra resfriados?; contra a gripe suína?; nossa,  mas que diabos de remédio eu precisava mesmo?? Me veio uma luz e eu falei “feel good”, que foi a única coisa que consegui falar e juro que não sei direito o que significa na minha língua nem na língua dela. Mas olha que a mulher nem precisou do tradutor e repetiu, com um sorriso de reconhecimento, “feel good, feel good”! Fiquei encantada com a comunicação subitamente estabelecida e consegui, com a ajuda de sinais corporais totalmente desajeitados, saber que deveria tomar 4 bolinhas da composição misteriosa de manhã e 4 de noite. Para fazer o tratamento, e me sentir verdadeiramente “good”, whatever that means here or in China, eu deveria comprar 3 caixas. Eu comprei duas e tomo, quando lembro, duas bolinhas, atribuindo o meu feel good fielmente à Milenar Medicina Chinesa.

– P.S. No final, animada com o  suposto sucesso na empreitada do feel good, também comprei uns frascos para jetlag, que eu deveria tomar antes de dormir. Sabe-se lá o que era, mas deve ter feito muito bem, obrigada.

– Farmácia no aeroporto de Xian, retornando para Beijing. Resolvi voltar ao ortodoxo e comprar a nossa melatonina, companheira eficaz de vôos e noites insones em hotéis desconhecidos. A chinesa lança: “200 yuans”. Eu, já uma grande experiente em compras na China, ofereci: “100 yuans”. A chinesa desdenha. Eu desdenho. Ela capitula e  eu arremato, vitoriosa, as minhas melatoninas.

Relatos bem sucedidos. Foram exceções, naturalmente.

4 Respostas to “tasting my own medicine (in China)”

  1. Ana Says:

    Se sobrarem as capsulas do feel good, me manda que eu pago o frete ha ha ha. tô adorando os causos. beijocas.

  2. cris s Says:

    Vou retomar o tratamento aqui no BR! haha Daí te falo se adianta e a gente abre um negócio de importação do troço e fica rica (só assim mesmo, porque como professoras já sabe…) bjs


  3. Oi Cris.

    Vi seu blog na Ana e adorei ler suas aventuras pela China. Esses dialógos truncados rendem boas histórias🙂

    Mas agora para tomar um “Feel Good” vou não precisava ir tão longe, era só comprar o chá dessa marca hehehe.

  4. Edelize Says:

    Cris, welcome back! Uma vez fui a um médico chinês aqui em Sydney. Também foi difícil a comunicação, mas a única lembrança que me restou foi o cheiro e o sabor do chá que ele me receitou. Horrendo!!! Se funcionou, não sei, pois a coisa era intragável. Da próxima vez, pedirei drágeas, chá nunca mais! Traumatizei!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: